Todo pecado ofende a Deus gerando:

  • uma culpa a ser perdoada
  • e deixa ao mesmo tempo uma mancha na alma.

A culpa é apagada quando a pessoa se confessa arrependida. A mancha vai sendo apagada pelo arrependimento na confissão, pelas boas obras realizadas, pela penitência e pelas indulgências.

A igreja concede indulgências como mais uma das formas de apagar as manchas dos pecados. As indulgências são práticas devocionais como as indicadas abaixo. Se a indulgência é plenária ela apaga todos as manchas de pecado na alma de tal maneira que se esta pessoa morre neste dia, vai direto para o Céu, sem passar pelo Purgatório. Se a indulgência é parcial, apaga parte da mancha.

Pode-se ganhar indulgências plenárias:

1. No dia da imposição do escapulário.
2. Na solenidade de Nossa Senhora do Carmo (16 de julho).
3. Na festa de São Simão Stock (16 de maio).
4. Na festa de São Elias, profeta (20 de julho).
5. Na festa de Santa Teresa de Jesus (15 de outubro).
6. Na festa de São João da Cruz (14 de dezembro).
7. Na festa de Santa Teresa do menino Jesus (1 de outubro).
8. Na festa de todos os santos da ordem do Carmo (14 de novembro).

Condições para ganhar indulgência plenária:

  1. Detestar o pecado
  2. Confessar-se na semana que se lucra a indulgência
  3. Receber a Comunhão na semana que se lucra a indulgência
  4. Fazer no dia de receber a indulgência uma oração pelas intenções do Papa, por exemplo, um Pai-Nosso e uma Ave-Maria, como mínimo.
Anúncios